22 de nov de 2010

Currículo escolar dopalizado: ritalina, a droga da obediência

Que tal incluir a realização de exames anti-doping nas avaliações institucionais da escola? Se você não entendeu a proposta, sugiro que primeiramente assista ao vídeo abaixo.
Bem, há alunos sendo equivocadamente diagnosticados com TDAHI (Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade) sendo freqüentemente prescrito a substância ritalina para conter os supostos sintomas. Será que a escola está partindo para a "guerra química" afim de conter a violência na escola? Nesta semana ocorreu mais um caso de agressão contra uma professora e isso talvez seja um sinal de que o "cessar fogo" está bem distante de ocorrer.
Muitos jovens atualmente estão consumindo estimulantes em excesso para manter ritmo intenso, ficarem acordados e assim estender a noite seja para se divertir ou para estudar sendo a ritalina uma das substância utilizadas. Na idade em que nada se quer perder, os remédios e estimulantes (guaraná em pó, cafeína, etc) estão mantendo o ritmo intenso: resta saber quais serão as consequência para a saúde física e mental.

Algumas das conseqüências para a saúde são taquicardia, intoxicação, delírios, medos inexplicáveis e insegurança.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sobre o autor

Minha foto

Professor universitário. Graduado em Pedagogia. Especialista em Educação, Informática Educativa e Gestão e Design Instrucional para EaD Virtual. Mestre em Educação. Doutor em Educação.