9 de nov de 2009

Educação com filmes

Assisti um vídeo (veja logo abaixo) abordando uma questão instigante: Uma lista de sucessos do cinema mundial pode substituir o colégio na educação de um jovem?. No vídeo abaixo o escritor e professor de literatura David Gilmour, da Universidade de Toronto, acreditou nessa troca quando o filho tinha 16 e ia mal na escola.

No vídeo acima o filho de Gilmour produz uma formação de enunciado bastante interessante, afirmando que há algo nos filmes que nos afetam. O filósofo Gilles Deleuze, ao produzir um conceito sobre o que é a filosofia, afirmou que a ciência produz funções; a filosofia produz conceitos; já a arte produz afectos e perceptos. Mas, o que Deleuze quis dizer com a última afirmação?

Bem, conforme Medeiros é possível inferir que a "arte é comunicação, sem conceito, através do afecto, sendo a causa deste afecto inexplicável". Portanto se você leitor esperava uma explicação baseada na razão científica moderna "sinto muito", :-D.


Mas se deseja ler mais sobre a temática, recomendo a leitura do artigo Fotografia, Som e Cinema como Afectos e Perceptos no Conhecimento da Escola, de Antonio Carlos Rodrigues de Amorim.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sobre o autor

Minha foto

Professor universitário. Graduado em Pedagogia. Especialista em Educação, Informática Educativa e Gestão e Design Instrucional para EaD Virtual. Mestre em Educação. Doutor em Educação.