9 de fev de 2009

Escola Pública no Japão x Escola Pública no Brasil

:-D Ééé... os japonses tem muito o que aprender com nossa cultura!

Confira no vídeo abaixo uma reportagem de Serginho Groisman, do programa da TV Globo "Altas Horas", comparando a escola pública no Japão com a do Brasil.
No vídeo acima primeiro aparece um típico adolescente, que pode ser encontrado em qualquer lugar do mundo e que só sabe contar até 5 em português... até aí nada... depois uma professora diz que possui trinta alunos em sala de aula... nenhuma novidade... de repente uma aluna diz quer continuar os estudos porque quer ser cabeleireira... até agora não há nada de diferente em relação ao Brasil... de repente, um aluno que sabe o nome de diversos jogadores de futebol... os nossos alunos são craques nisso! Em seguida, a reportagem mostra alguns alunos na biblioteca estudando... e outros dormindo... haaa, em nossas universidades existe muito isso! Mas nas escolas não... pois muitas nem biblioteca tem...

Mas, afinal, qual é a diferença da educação pública do Japão em comparação com a brasileira? Há muitos aspectos interessantes mas, basicamente, a diferença está no currículo escolar que possui muitas áreas de conhecimento (tem até a disciplina "Verdura") e no uso das novas tecnologias no campo da educação (viu a sala de aula cheia de monitores LCDs, né?). Haaa sim... outro detalhe... vocês viram que o professor japonês "Tomate", bem modesto, disse que o salário "dá para sobreviver": ainda bem que ele nos lembrou desse grande componente motivacional, né? =^D

3 comentários:

  1. E acho que de um serto ponto sua opiniao esta de acordo mas nem tudo!!... eu estudo o esnsino medio em uma escola aki no japao(fiz o 7, 8 e 1 ano) é totalmente diferento do Brasil.. muito mais caisas para fazer , clubes de esporte , artes (eu fazia artes kk)..entre muitos outros, nossa alem da tranquilidade , aki vc nem presisa se preocupa em se roubado na escola vish tranquilo.. nossa se eu fosse conta com é a escola aki ia falta pagina!!!
    mas entao é isso ai...

    ResponderExcluir
  2. :) eu gostei deste reportagem!
    poderiam faze-la novamente, só pra ver se mudou alguma coisa!! hahaahh

    ResponderExcluir
  3. Prof. Alex, existe sim uma grande diferença, a carga horária de ensino, a qualidade do que se estuda e a disciplina que eles tem. Minha filha sai as 7 da manhã e termina a aula entre 4 e meia e sete da noite dependendo do dia Qto aos computadores, nem todas as escolas são como a da reportagem, mas estrutura para o ensino é visivel. Espero que um dia o Brasil possa oferecer esta estrutura. E que os professores possam receber um salário pelo menos que dê pra levar a vida pois acho que é uma profissão que precisa ser valorizada. Abraços.

    ResponderExcluir

Sobre o autor

Minha foto

Professor universitário. Graduado em Pedagogia. Especialista em Educação, Informática Educativa e Gestão e Design Instrucional para EaD Virtual. Mestre em Educação. Doutor em Educação.