20 de mai de 2008

Velocidade da web causará perda de memória, diz Umberto Eco

A Educação e Pós-modernidade apresentam um "mal-estar" (Zygmunt Bauman) contemporâneo: assim caminha e continuará caminhando a sonoridade?

Reportagem da Folha Online:
Velocidade da web causará perda de memória, diz Umberto Eco. O romancista Umberto Eco fala sobre a velocidade da internet e como ela afeta a troca de informação. Segundo o pensador, "o que existe agora será obsoleto dentro de pouco tempo. Até o e-mail será obsoleto, porque tudo será feito com o celular". Ainda segundo Eco, "vamos à internet para tomar conhecimento das notícias mais importantes. A informação dos jornais será cada vez mais irrelevante, mais diversão que informação. Os jornais se parecem cada vez mais com as revistas que havia para ler na barbearia ou na sala de espera do dentista".

Opinião: O pensador contemporâneo Ana'tnas Xela também alerta sobre os cuidados na hora de comprar e usar um carro novo, pois tal artefato pode causar obesidade, aquecimento global e sentimentos de raiva e frustração.
Previsões sobre a uso do seu futuro carro novo...

Para testar a memória dos internautas na contemporaneidade, o pensador Ana'tnas Xela desenvolveu cientificamente um teste que consiste em apenas uma pergunta, que deve ser respondida em menos de cinco segundos: Em quem você votou na última eleição?
Tem gente dizendo "ufa!" por aí...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sobre o autor

Minha foto

Professor universitário. Graduado em Pedagogia. Especialista em Educação, Informática Educativa e Gestão e Design Instrucional para EaD Virtual. Mestre em Educação. Doutor em Educação.