15 de mai de 2008

Pesquisador defende que universidades publiquem conteúdo de aulas na internet

Em muitos cursos de EaD não há efetivamente ensino, forçando os alunos a um auto-aprendizado extremamente conflituoso e desgastante, fazendo dos ambientes virtuais de aprendizagem apenas salas de aula vazias e desmotivadoras: algo realmente "virtual" por estar descontextualizado da vida e expectativas do aluno em relação ao curso.

Reportagem da Folha Online: Pesquisador defende que universidades publiquem conteúdo de aulas na internet. Um pesquisador britânico defende que as universidades coloquem na internet, de graça, o material pedagógico de seus cursos, como forma de melhorar a educação no país e aumentar o volume de inovações tecnológicas. Ele defende que o governo estabeleça uma central de dados on-line em que a população poderia ter acesso facilmente a esse material.

Opinião: Na contemporaneidade o que falta é encontrar o melhor caminho para colocar a tecnologia a serviço da educação. Nesse sentido, o ensino à distância, usado nas universidades, vira alvo de polêmica. É preciso um esforço coletivo para promover a abertura de debates com os múltiplos públicos interessados na temática e democratizar o acesso a informação a toda a população.

Um comentário:

  1. Parabéns pelo blog e pelas observações!

    Fiz um link para o meu blog:

    http://fernandoscpimentel.blogspot.com

    ResponderExcluir

Sobre o autor

Minha foto

Professor universitário. Graduado em Pedagogia. Especialista em Educação, Informática Educativa e Gestão e Design Instrucional para EaD Virtual. Mestre em Educação. Doutor em Educação.