25 de abr de 2008

Museu do sexo em Nova York: como eram os vibradores de antigamente?

Visitas a museus podem se constituir em momentos importantes de aprendizagem para os alunos. Mas segundo um diretor do Museu de Arte Moderna de Nova York, os museus de arte não devem se tornar centros de espetáculos, pois eles são antes de tudo espaço para o desenvolvimento da experiência e da educação (Arte na Escola). Confira o vídeo abaixo sobre os vibradores de antigamente em uma visita ao museu do sexo em Nova York.



Opinião: Seguindo a recomendação de um diretor de museu, faça com que seus alunos levem a sério a visita a esse espaço-tempo solicitando que eles "sentem" "sintam" tudo o que está ali sendo oportunizado e "praticando", de forma abstrata e conceitual, os objetos que ali estão disponíveis. Depois da visita ao museu, sugiro que seja realizada uma aula sobre sexualidade: o vídeo abaixo é uma mera sugestão do que poderá ocorrer em sala de aula.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sobre o autor

Minha foto

Professor universitário. Graduado em Pedagogia. Especialista em Educação, Informática Educativa e Gestão e Design Instrucional para EaD Virtual. Mestre em Educação. Doutor em Educação.